MENU

ACONSELHAMENTO ESPIRITUAL

OS ORIXÁS E O SEU SIGNO

O QUE SÃO ORIXÁS

O QUE É O JOGO DE BUZÍOS

TRADIÇÃO AFRICANA

O SIGNIFICADO DAS VELAS

ENTREVISTAS SAPO ZEN

TEMPLO SAGRADO DE UMBANDA

 

Faça a sua Simpatia

Rituais de Amor e Sexo
Rituais para a Beleza
Rituais para Crianças
Rituais Diversos

 

 

Video

Pai Pedro de Ogum no Facebook

Arquivos

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Posts recentes

Lei das Afinidades

Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

Lei das Afinidades

 

É inquestionável que nesta lei se desenrola o destino das pessoas em seus dramas, comédias, tragédias, alegrias, desagrados, maldades, bondades, recorrências, buscas e a espiritualidade.
A sintonia interna faz com que se crie uma polarização, e quase sempre equivocada calcada em medos, maledicência, degeneração, apego, materialismo, calúnia, maus hábitos, ganância, desprezo, mentiras e todo tipo de maldades; nesta conduta é evidente que é oposta a do Ser interno só pode trazer: Amarguras, tragédias e catástrofes pessoais, se coletivas a cataclismos planetários.
Dependendo da afinidade temos nossa sorte na vida, muitas vezes o cobiçoso tem o oposto de sua cobiça, luta a vida inteira por adquirir riquezas e nunca as tem, pelo fato de estar polarizado negativamente com o Ser, que espera pela compreensão necessária que este indivíduo possa obter no caminho da revolução da consciência.
A lei de recorrência é um fato, que aquele que encontra a senda secreta se livra das recorrências e passa a trabalhar com a lei do carma diretamente, onde este deve aplicar a lei da balança de instante a instante, fazendo boas obras para que neutralize ou pague suas dívidas.
Os actores do filme, os EUS (defeitos psicológicos), criam as recorrências, e com isso se alimentam, processam e criam o filme, projetam suas maldades, polarizando as pessoas negativamente, fazendo-as vulneráveis a aceitar qualquer conceito disto ou daquilo, as tornando incapazes de ver, ouvir, e apreender com suas próprias experiências e compreensões, onde gera uma ação grotesca coletiva que terá sua conseqüência acrescida de castigo, desprender do mundo sem sair dele, sem fugir, que compreendendo a ilusão grotesca que é, isto de maneira muito profunda qualquer pensamento ou ação contra o próximo em oposição à compreensão absoluta deve ser eliminada.
É importantíssimo que captemos o motivo que venho a escrever este tema hoje, é justamente a lei de afinidades que nos atrai como um campo magnético nos colocando sempre em maus lençóis, se todos nós tivéssemos destruído o ódio, rancor, medo, covardia, calúnia, maledicência, a ira e buscássemos compreender que as pessoas erram na vida por causa desta segunda natureza grotesca e maldosa, o ego; compreenderíamos os bandidos não os atrairíamos, pois, se odiamos algo é por que temo-los em abundância dentro de nós, e isto cria uma onda de atração.
O ódio é a antítese do mais nobre dos sentimentos, ”O AMOR”. Podemos dizer que devemos transformar o mal em Bem, compreender ao máximo a situação de nossos semelhantes sejam eles bandidos, prostitutas, drogados, bêbados e etc, pois, se aloja aí o eu do orgulho, onde nos sentimos mais dignos que os outros, no caso do ódio por bandidos, há uma justificativa interna, nos achando muito justos, sendo assim não seremos capazes de compreender os nossos erros, pelo motivo de nos sentirmos soberanos.
Eis aqui o segredo, a chave da compreensão.
É claro que prostitutas só irão se agrupar com prostitutas, e com adúlteros.
É claro que ladrões e iracundos só se irão juntar com ladrões e iracundos.
É claro que bêbados só se reúnem com bêbados.
É claro que padres só se reúnem com padres. E etc.
Isto é lei de afinidades. Atrai as circunstâncias a qual a psicologia individual está submergida.
Se mudarmos as afinidades combatendo os eus; mudamos o rumo das circunstâncias, e isto é muito claro, patente e evidente, que quando tiramos de cena os atores do filme, estes não se projetam, não se processa em nossas vidas.
A sociedade é constituída de conceitos, regras, normas que são opostas às buscas revolucionárias do Ser, aprisionam as percepções através da psicologia, as pessoas se tornam realmente vulneráveis as circunstâncias negativas, por que ainda não apreenderam a nutrir as coisas psicologicamente, se aproveitando ao máximo das situações para retirar dali uma compreensão perfeita e única.
São muitas as informações que te esconderam.
publicado por Pai Pedro de Ogum às 11:12
link do post | comentar | favorito

Pesquisa

 

Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Tags

todas as tags

Subscrever feeds

blogs SAPO