Arquivos

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Posts recentes

Noite Mágica e Esotérica ...

FESTA A YEMANJÁ - 2011 - ...

Ritual a Yemanjá 2009

Ritual a Yemanjá - 13 Set...

Rituais de Yemanjá para o...

Ervas de Yemanjá

Yemanjá - Video

Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008

Ervas de Yemanjá

 
 
Ervas de Yemanjá
 

Na celebre sessão onde o Sr. Caboclo das 7 Encruzilhadas se ma­nifestou no seu médium Zélio de Mo­raes, antes da manifestação, conta a história que o jovem Zélio, incomo­dado que estava sentado àquela mesa, levantou-se e disse: Falta alguma coisa aqui. Uma flor! Ele foi até o jardim e voltou com uma flor (rosa) branca e disse: Agora sim!

Permito-me a imprecisão dessa história, pois o objetivo aqui não é contá-la apenas, mas lembrar que as ervas – no caso uma flor – estavam pre­sentes nessa manifestação.

E podem ter certeza que essa flor cumpriu seu papel, imantando os pre­sentes de vibrações sutis, mas impor­tantíssimas ao campo energético ne­cessário para a sessão.

Nós poderíamos dizer que esse foi o primeiro elemento natural usado na Umbanda, uma flor!

E dificilmente vemos abrir uma gira, tanto no terreiro como na natureza, sem que haja a presença de uma flor sequer.

Neste mês de dezembro, muito de nós irão à praia homenagear Mamãe Iemanjá, e levaremos muitas flores para Ela.

No caso das rosas, procurem tirar seus espinhos para que não machu­quem ninguém na praia, e também não precisam deixar seu caule (cabo) tão longo.

Enfeitem seus terreiro com muitas flores, de todos os tipos. Tomem banho com as ervas de Iemanjá, para que sua vibração se imante em seus es­píritos, assim com certeza, estará mais próximo do magnetismo de Nossa Amada Mãe das Águas.

Consagrem seus banhos na força de Mamãe Iemanjá, consagrem sua flores. Façam suas oferendas com amor e simplicidade, pode ter certeza que não é a quantidade que importa. Nossos Pais e Mães Orixás se interessam por aquilo que trazemos em nós, de boa vontade, propósito, gratidão, capacidade de perdoar e muitos outros sentimentos dos quais somos aprendizes.

 

Vamos às ervas de Mamãe Yemanjá:

 
Orixá:         Yemanjá      
Elemento:   Água
Sentido Divino:Geracionista

Pólo magnético:Positivo / Feminino

Fatores principais: Gerador, amparador da vida

Atribuição:  Irradiar a todos os seres o sentido da vida

Ervas Quentes: Erva de bicho, buchinha do norte, alho,

Verbos actuantes nas ervas quentes: Invadir, transbordar, corroer, derramar, ...

Ervas Mornas: Alfazema, Anis Estrelado, Rosa Branca, Camomila Flor, Man­jericão, Erva de Sta Maria – Men­truz, Hibisco Flor, Manjerona, Mulungu Casca / Raiz, Noz Mos­cada, Margarida, Sensitiva, Arroz..

Verbos actuantes nas ervas mornas: Gerar, fluir, sustentar, avolumar, ... 

Tags:
publicado por Pai Pedro de Ogum às 16:11
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Yemanjá - Video

Yemanjá, cujo nome deriva de Yeye oman ejá, "Mãe cujos filhos são peixes", é o Orixá dos Egbás, uma nação yorubá estabelecida outrora na região onde passa o rio Yemanjá, e obrigada a emigrar para o oeste, por causa da guerra entre nações.

 Yemanjá teria sido filha de Olokun, deusa do mar. Seu Axé é constituído por pedras marinhas e conchas, guardadas numa sopeira de porcelana azul. Considerada a mãe dos outros Orixás, tem o aspecto de uma matrona , de seios enormes, símbolo da maternidade fecunda e nutritiva.

ASSISTA AO VIDEO

 

Tags:
publicado por Pai Pedro de Ogum às 16:18
link do post | comentar | favorito

Pesquisa

 

Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Tags

todas as tags

Subscrever feeds

blogs SAPO